Bem vindo!

Bem vindo!

Quem passa sempre por aqui???

Botando a cabeça para funcionar...(21)


"Raros são os momentos em que fugimos da selva de pedra e contemplamos o mais belo que a natureza pode nos dar"

Para deixar a cabeça em movimento, estou fazendo um projeto em que minha vó Chica me manda uma imagem e tenho que escrever uma frase, poesia etc sobre ela.


Neno

Botando a cabeça para funcionar... (20)


QUALQUER UM PODE VOLTAR A SER CRIANÇA!
BASTA QUERER!




Para deixar a cabeça em movimento, estou fazendo um projeto em que minha vó Chica me manda uma imagem e tenho que escrever uma frase, poesia etc sobre ela.


Neno


Visita ao Museu "Fundação Iberê Camargo"...

Dia 05/09/2015 fomos visitar a Fundação Iberê Camargo, na zona sul de Porto Alegre. Esse trimestre havia exposição do Iberê Camargo (que fica sempre lá) e a exposição de quadros e objetos cinéticos (vale a pena!) do artista Abraham Palatnik.

Museu Iberê Camargo


Abraham Palatnik nasceu em Natal em fevereiro de 1928. Fez um curso de motores de explosão na Palestina, na cidade israelense de Tel-aviv. E, na mesma época, fez um curso de artes plásticas e desenhos. Voltou para o Brasil em 1948 e , em 1949, iniciou suas pesquisas de luz e movimento. Foi um dos pioneiros brasileiros na Arte Cinética (arte que explora efeitos visuais por meio de movimentos ou ilusões de ótica) . Usava imãs e engrenagens para fazer suas "esculturas" que se mexem.


(foto Google)


Arte Cinética de Abraham Palatnik

Eu e vô Kiko vendo os esboços dos projetos

Quadros abstratos com madeira e óleo de Abraham Palatnik







Passeando na entrada do museu

O museu expôe quadros, esculturas e obras de diversos artistas, que ficam em uma exposição temporária. O museu é enorme (sério, fiquei surpreso. Parece pequeno, visto de fora), com 4 pisos.

Piso 1: Recepção e a magnífica "lojinha"
Piso 2: Exposição Iberê Camargo
Piso 3 e 4: Exposições temporárias (no caso, Abraham Palatnik)

As obras de Iberê não são o ponto forte do museu. Grande parte do piso 2 está cheio de rabiscos que até eu consigo fazer. Mas, adorei as obras mecânicas dos pisos 3 e 4. Muito legal, não conhecia!

O museu tem buracos de luz no teto e várias janelas panorâmicas. Vejam fotos que tiramos:

Vista da cidade de Porto Alegre


Bandeira do Inter

Estádio Beira-Rio

Usina do Gasômetro



Neno










Botando a cabeça para funcionar... (19)


"O horizonte é interminável: cada vez que chegamos nele, encontramos outro. E por aí vai..."

Para deixar a cabeça em movimento, estou fazendo um projeto em que minha vó Chica me manda uma imagem e tenho que escrever uma frase, poesia etc sobre ela.


Neno